terça-feira, 29 de março de 2016





Duas finais ao preço de uma

Ditou primeiramente o capricho do sorteio e posteriormente o cruzamento das meias-finais e os respectivos resultados que o derradeiro dia do Torneio Internacional de Futebol Infantil da Pontinha, torneio que se notabiliza por entoar o hino da Liga dos Campeões antes de cada jogo e este ano numa edição ainda mais especial pelo facto de ter sido realizada no Estádio 1º de Maio, ofereceria duas finais.

O encontro decisivo colocou o Sporting perante o surpreendente Córdoba que ainda assim viu o leão ter-lhe negados vários golos pelo ‘pequeñito’ guarda-redes espanhol Antonio García, que esteve em plano de destaque, e duas vezes pelos postes, por Armando na 1ª parte e Adriano Almeida na 2ª, e foi obrigado ao desempate através da marca de grande penalidade para finalmente respirar de alívio e levantar o troféu.

Pedro Coelho - treinador do Sporting

Foi preciso sofrer muito para vencer este torneio e penso que já era injusto termos chegado ao desempate por penalties.

José Roldés - treinador do Córdoba

Tivemos uma final apaixonante perante um grandíssimo rival. Estamos encantados por termos tido a oportunidade de disputar este belíssimo torneio,

Bruno Freitas - treinador do Benfica

Muito satisfeito porque apesar de no Benfica os resultados serem importantes era igualmente importante apresentar um futebol positivo como acabou por acontecer e ainda dar continuidade ao projecto de formação que vem sendo desenvolvido pelo clube.

Pedro Mané - treinador do FC Porto

Foi uma experiência positiva pois neste grupo incluíamos vários jogadores em idade sub-12. Estamos a tentar chegar a um contexto competitivo completamente diferente embora seja óbvio que um clube como o FC Porto esteja sempre habituado a ganhar.

José Fontelas Gomes - Presidente da APAF

Não é normal os árbitros serem homenageados neste tipo de iniciativas. Digamos que neste tipo de competições a ‘guerra’ pelas nomeações é feita por eles, os árbitros que se disponibilizam, e só tenho a agradecer-lhes. Sobre o Conselho de Arbitragem, é preciso pensar na arbitragem e quem estiver tem de pensar em prol dela, é isso o mais importante.

Mundo Infantil girou em Lisboa

Para além do interesse competitivo foi também possível apurar vários focos de talento neste Torneio da Pontinha não só de Portugal (os jovens de Benfica (Jorge Matias e Pedro Rocha para citar dois exemplos), Sporting e FC Porto foram disso exemplo), como também de diferentes países de França a Espanha, com destaque para Antonio Garcia, guarda-redes do Cordoba, até outras nações mais distantes.

A competição exibiu ainda jovens promessas naturais de Angola (Armando Silva, 13 anos, ponta-de-lança do Sporting) e mesmo atletas de locais mais exóticos como a Austrália, como é o caso de Tristan Hammond, extremo de 13 anos do Sporting que despontou no futsal do seu país ao serviço do Campbelltown Quakes, e a Colômbia, de onde é proveniente Juan Camilo Gomez, atacante de 12 anos ligado ao Benfica.

Resultados
Lissois 4-0 CAC Pontinha - 9º/10º lugar
Nacional 3-0 Santa Clara - 7º/8º lugar
Getafe 2-0 Rec. Huelva - 5º/ 6º lugar
FC Porto 0-2 Benfica - 3ª/4ºlugar
Sporting 0-0 Córdoba (3-2 gp) - final