terça-feira, 13 de outubro de 2015



Iaquinta foi a grande figura da tarde inspirada do Coruchense ao marcar dois dos três golos com que a sua equipa foi capaz de surpreender a estratégia ofensiva do Loures e somar os primeiros três pontos em toda a temporada.


LOURES
Hidalgo
Danilson Ribeiro
(Mauro Santos, 29)
Roberto Cunha
Bruno Bernardo
Dong
(Cai, int.)
Carlos Saavedra ©
Tiago Santos
Leo Morais
(Diego Zílio, int.)
Sebastião Nogueira
Rui Varela
Ballack Lopes
Treinador: António Pereira

CORUCHENSE
Gonçalo Guerra
Jose (e não José) Obama
Assane
Lucas Tigrão
Bruno Bolinhas
(Justino, 67)
João Vítor (c)
Igor Caetano
Semeano
João Prietos
Amâncio Fortes
(Philipe, 80)
Malam Iaquinta
(Amândio Ramião, int)
Treinador: Rui Gorriz

Arbitragem: Luís Reforço – Setúbal
Disciplina: cartão amarelo para Carlos Saavedra (13), Mauro Santos (47) e Bruno Bernardo (72 e 89, expulso); cartão vermelho para Bruno Bernardo (89, por acumulação)
Marcadores: Carlos Saavedra (30); Malam Iaquinta (15 e 45) e Igor Caetano (89, gp)