terça-feira, 20 de outubro de 2015




Jovane – no aproveitar está o ganho do leão

Uma das novidades da época na equipa de Juniores do Sporting tem sido o extremo esquerdo Jovane Cabral, jovem cabo-verdiano que ainda escapa à atenção da maior parte do público mas que tem sido uma das boas surpresas do início de época dos sub-19 verde-e-brancos face a várias prestações de altíssimo nível.

As prestações de maior realce de Jovane vêm-se sucedendo, e apenas uma semana depois de um bis diante do Casa Pia o momento alto foi mesmo no Sábado passado, dia em que se revelou verdadeiramente decisivo ao oferecer praticamente em solitário uma difícil vitória no Restelo sobre o Belenenses, que semanas antes derrotou o grande rival dos leões, o Benfica, contribuindo com um golo e uma assistência para o 2-1 final. Atendendo à história do extremo de 17 anos, valeu a pena o esforço…

O FC Porto foi o primeiro clube a interessar-se e a testar o jogador, mas no fim foi o Sporting quem saiu a ganhar

Jovane Cabral chegou ainda no decorrer da época passada à Academia Sporting ainda em idade juvenil sem ter tido tempo de poder ser utilizado oficialmente na equipa sub-17 verde-e-branca, pelo que apenas se estreou oficialmente esta temporada numa equipa na qual faz ainda parte da lista dos atletas que ainda não foram convidados pela estrutura do Sporting a rubricar contrato profissional – aliás, o esquerdino não se encontra protegido por qualquer vínculo, nem mesmo de formação.

Apenas inscrito no Nacional de Juniores, Jovane parece a prova viva de que ‘no aproveitar está o ganho’, ou não tivesse chegado ao clube depois de o FC Porto não se ter convencido da sua qualidade num período de testes depois de ter sido o primeiro clube a observar as suas prestações em Cabo Verde e a convidá-lo a viajar até Portugal, país no qual o extremo haveria de fixar-se, mas na região de Lisboa ao serviço do Sporting, o clube que apoia desde criança.

A ‘nega’ que conheceu no Olival acabou por revelar-se a melhor notícia para o cabo-verdiano que veria logo depois abertas as portas do Sporting que lhe colocou novo período de testes que desta feita ultrapassou com sucesso e o lançou para esta etapa que, confessou ao NOVA ACADEMIA DE TALENTOS, “graças a Deus está a correr bem, vou dar o meu máximo, é o meu sonho, ser jogador profissional de futebol e ainda por cima no Sporting.”