sexta-feira, 18 de novembro de 2016


Loures - Pires para a esquerda

A vaga de lesões no sector defensivo do Loures, aliada a dada altura a alguns castigos também nesse sector, deixaram a nu algumas limitações que progressivamente foram sendo travadas com algumas contratações cirúrgicas já no decorrer da competição. Assim, depois do defesa central Ricardo Santos, o emblema preto e amarelo recrutou também o lateral André Pires, de 26 anos, que se encontrava livre.

Com passado de Primeira Liga, competição que disputou ao serviço do Belenenses e internacionalizações por Portugal, contabilizando uma internacionalização sub-21, a experiência como profissional deste esquerdino permite ao Loures preencher a vaga existente nas alas, podendo permitir que o polivalente Filipe Cui possa oferecer concorrência a Paulinho na lateral direita, ou o adiantamento do lateral esquerdo habitualmente titular, André Frias, para uma posição de extremo que também desempenha com eficiência.

Até mesmo a entrada directa de André Pires para a ala esquerda do ataque pode ser mais uma possibilidade visto o atleta deter aptidões para atuar tanto como lateral ou extremo pois é capaz de ocupar funções pela ala canhota desde lateral ou até como extremo, surgindo como uma opção forte para a titularidade já na próxima jornada que terá lugar de Domingo a uma semana e que marcará a recepção ao actual líder da Série G, o Real, viso neste fim-de-semana decorrer a 4ª eliminatória da Taça de Portugal, competição da qual o Loures já se encontra afastado.