quarta-feira, 12 de julho de 2017



Anunciado adeus de Paulo Lopes...para quando?

Na época passada foi dividida entre Paulo Lopes e Jardel uma importante função motivacional fora de campo muito embora através de um jogador em actividade - pela importância que têm no balneário mesmo não jogando, pela entrega ao serviço do clube em campo (como fazia, por exemplo, Maxi Pereira antes de optar pela mudança de rival, assinando pelo FC Porto), e no caso do guarda-redes português por se tratar de uma referência portuguesa para os mais jovens. Com as chegadas de Bruno Varela e (durante alguns dias...) André Moreira, aquele que é o jogador de maior idade no plantel tem mesmo os dias contados, enquanto jogador.

Paulo Lopes deverá mesmo anunciar o seu abandono assim que o volte-face referente aos contornos da transferência de André Moreira seja ultrapassado, uma vez que não se definiu o negócio, que ao não ter passado o impasse que consistia entre o desejo de realizar um empréstimo por parte do Atlético de Madrid ou uma cedência definitiva a assegurar pelos encarnados, fez com que não tivesse entrado André. Pode então ser outro a entrar (Makaridze?) e sairá mesmo o titulado Paulo.