domingo, 26 de julho de 2015








A tarde de ontem ficou marcada pelo pedido de casamento de Mota à sua namorada (e agora noiva) Filipa, momento registado nesta imagem. No entanto, houve mais, e embora quase toda a gente se tenha concentrado no pedido de Mota, certo mesmo é que houve jogo, que serviu como apresentação oficial da turma de Marvila aos seus associados.

No fim de contas, derrotar por 2-0 o WAC Casablanca, campeão de Marrocos, consiste num feito assinalável para um clube de Segunda Liga. Com efeito, com uma exibição interessante coroada com golos de Henrique Gomes (bons sinais que o apontam à titularidade no início da temporada) e Peter Caraballo, o Oriental demonstrou que vem assimilando devidamente os necessários processos para os encontros ‘a doer’ perante um adversário com estatuto no seu continente.

É bom assinalar isto, que alguém o faça (passou completamente despercebido à imprensa especializada nacional), e consiste num bom sinal para quem daqui por uma semana já joga a sério, precisamente no Carlos Salema perante o Freamunde pela Taça da Liga...

ORIENTAL
Rafael Veloso 
(Rafael Marques, 86)
João Amorim 
Daniel Almeida 
(André Almeida, 65)
Hugo Grilo 
(Valdo Alhinho, 65)
Édson Silva 
(Alexandre Rita, 65)
Tiago Mota
Bruno Aguiar 
(Sérgio Duarte, 65)
Júlio César 
(Tom Tavares, int)
Henrique Gomes 
(Fernando, 65)
Peter Caraballo 
(Gilson Varela, 65)
Hugo Firmino 
(Figo, 65)
Treinador: João Barbosa

Marcadores: Henrique Gomes (18) e Peter Caraballo (51)

Texto: Rafael Batista Reis
Imagem: Valter Ferreira