quinta-feira, 8 de dezembro de 2016




Dani e Costa também esperam a oportunidade

O particular frente ao Belenenses (derrota por 2-3) disputado há três semanas para testar novas soluções para o regresso da Série G que teve lugar no Domingo seguinte e que colocou uma deslocação ao terreno do Oriental (0-0) foi apesar de um desaire frente ao emblema de Liga NOS no qual Tuck se destacou na sua carreira de jogador uma forma de o Sacavenense encarar, quem sabe, o futuro da equipa pois este teste terá causado muita satisfação e terá dado a tirar muito boas ilações até porque o onze habitual até saiu para intervalo a vencer por 2-1 o credenciado oponente antes de dar lugar a uma remodelação.

Apesar de com isso ter perdido entrosamento e a vantagem na partida, o treinador aproveitou a 2ª parte como oportunidade para os menos utilizados e ainda observou durante esse período vários dos jovens que se vêm destacando na equipa B que disputa a I Divisão da AF Lisboa, tendo frente ao Belenenses alinhado elementos como Dani Lima (ala direito de 19 anos já convocado para três desafios oficiais da primeira equipa, embora sem se ter ainda estreado) ou a novidade João Costa, lateral esquerdo de 24 anos que chegou há poucas semanas depois de ter concluído a temporada passada ao serviço da Académica B.

Ambos deixaram indicações muito interessantes e muito embora não seja expectável a sua convocatória para a próxima jornada - deslocação ao terreno do líder Real - a qualidade demonstrada por ambos fazem com que já esperem pela primeira oportunidade na equipa principal, que pode mesmo chegar a qualquer momento.

Texto: Rafael Batista Reis

Imagem: Sport Grupo Sacavenense/Oficial