terça-feira, 27 de dezembro de 2016





Oriental - Faltam 3 opções



Realizou-se o Derby lisboeta sem 3 opções, um desafio dotado de uma longa história no seio do futebol português e disputado entre Atlético e Oriental; encontra-se agora num outro capítulo depois de ambos os conjuntos terem sido despromovidos da Ledman LigaPro - foi curiosamente o Oriental quem sentenciou a descida do rival lisboeta na última jornada da edição transacta da competição. Desde esse momento muita coisa mudou e ambos os conjuntos procuram voltar a viver melhores dias.

É de qualquer forma o Atlético, representado na Série G do CPP apenas pela SAD que detém os direitos desportivos, quem vive uma situação mais deficitária, passando por problemas administrativos (Clube em conflito com o SAD), financeiro (relatos de salários em atraso) e essencialmente desportivos (afundado no último lugar). No entanto, o emblema de Marvila passava por uma fase também difícil e que vem passando estritamente pela ausência de resultados sendo que o técnico contratado já no decorrer do Campeonato, António Pereira, ainda buscava pelo primeiro triunfo.

Tendo em conta a fragilidade até ao momento demonstrada pelo Atlético SAD, que perdeu 11 das 13 jornadas que havia disputado e foi goleado por 6-1 na 1ª volta, disputada no Campo Eng. Carlos Salema, o favoritismo parecia indiciar que seria este o momento do conjunto grená regressar aos triunfos, contando para isso com um número cada vez maior de opções visto que o departamento médico se encontra cada vez mais descongestionado.

O resultado final haveria de corresponder ao que se esperava com uma goleada já pouco usual neste tipo de competições, um 0-8 que moraliza o Oriental que com efeito, procurará dar seguimento a esse resultado no regresso da competição oficial no CPP, marcado para 8 de Janeiro, data na qual receberá o Barreirense e na qual esperará ter recuperados tantos quantos possível entre aqueles que têm estado fora das opções para estes últimos Domingos de futebol: 

O Oriental possui apenas três elementos lesionados, o lateral direito João Amorim e o ponta-de-lança Peter Caraballo, que recuperam de lesões prolongadas, e o lateral esquerdo João Vicente, sendo que é este último quem mais perto se encontra do completo restabelecimento físico. Três 'reforços de Inverno' que o emblema de Marvila não enjeitará receber tão cedo quanto a recuperação de cada um o permitir.

Texto: Rafael Batista Reis

Imagem: Diogo Taborda/Clube Oriental de Lisboa - página oficial