segunda-feira, 23 de janeiro de 2017





Benfica - Odivelas reclama formação de Rúben Pinto

Responsável pela recuperação do Odivelas FC, o associado e líder do grupo de associados que vem procurando recuperar o clube estranhou tão grande acumulação de dívida visto estar ciente de que “Luís Filipe Vieira entregou 300 mil euros ao Administrador de Insolvência pelos direitos de formação do Roderick Miranda e mesmo assim a dívida era enorme e não batia certo.”

“Basta assim realizar Eleições para o regresso do Odivelas pois desde 2010 que encetámos conversações com os diversos credores e com a Câmara Municipal, mas apenas enquanto grupo de sócios; o que vai acontecer é que a partir de dia 22 (Domingo) haverão Órgãos Sociais eleitos e com todo o direito de se dirigir a qualquer Órgão, seja ele municipal, nacional, internacional ou seja a quem for e na Assembleia estará presente um advogado que explicará o que faremos pois o clube ainda tem receitas por entrar - uma dela do Benfica, deve ao Odivelas a formação do Rúben Pinto, tenho em meu poder o documento que expressa o acordo.”

“É natural que o Benfica nunca tenha pago este valor; se o Odivelas acabar, não existe clube ao qual pagar uma verba que quando muito ascenderá a 50 mil euros e o Rúben já joga no CSKA da Bulgária. O que é isto? Existiram conversações recentes e nada aconteceu sendo que no passado o Benfica cumpriu o pagamento dos direitos do Roderick Miranda e do Paulo Vida (ex-jogador de Odivelas, Benfica, entre outros). Nesse último caso, foi o Dr. Lourenço Pinto, presidente da AF Porto, quem me defendeu e deu razão ao Odivelas."