terça-feira, 24 de janeiro de 2017



O líder da Série G, o Real, protagonizou a grande surpresa da jornada ao ter sido derrotado pelo Barreirense, e logo por 0-2 – importante triunfo dos visitante, que causaram sensação e deixaram excelente imagem, na luta pela manutenção perante a restante concorrência.

Complexo Desportivo do Real SC – Monte Abraão

REAL
24- Gonçalo Ferreira
13- Gonçalo Tavares
(8- Guti Almada, 66)
22- Matheus
15-Ivan Dias
16- Matheus Leal
23- Thabo
6- Rúben Marques ©
14- Sabry Oliveira
(17- Nélson, 66)
7- Marcelo
(20- Diogo David, 81)
9- Érico Castro
11- Luís Mota
Suplentes não Utilizados:1- Patrick Costinha, 5- Zé Pedro, 18- Brash Brampoque e 26- Carlos Miranda
T: Filipe Martins

BARREIRENSE
14- Amir Abedzadeh
13- Carlos André
3- Alain Pilar ©
4- Rúben Casimiro
16- Ricardo Bulhão
(15- Janita Soares, 86)
21- Alex Rita
(23- Gonçalo Cruz, 74)
20- José Maria Coelho
10- David Pinto
11- Fred Correia
9- Martin Luther King
(19- Altair Junior, 82)
18- Nélson Torres
Suplentes não Utilizados: 24- Tiago Jorge, 2- Luís Pedro, 8- Gonçalo Rufio e 5- Luís Costa
T: Pedro Amora

Arbitragem: Eugénio Arez – Algarve
Disciplina: cartão amarelo para Gonçalo Tavares (53), Rúben Marques (61), Ivan Dias (90), Nélson (90+3), Matheus Leal (90+4); Martin Luther King (29), Ricardo Bulhão (34), Nélson Torres (48), Amir Abedzadeh (89) e Gonçalo Cruz (90+5)
Marcadores: Rúben Casimiro (43) e Nélson Torres (76)