terça-feira, 2 de dezembro de 2014




Hora de Quincy com o leão?

Chegou no início da temporada ao Boavista como o futebolista de maior cartel internacional em todo o plantel pelo seu passado no qual representou clubes como o Arsenal, onde completou a sua formação, ou o Spartak de Moscovo, o que o levou a representar o seu país de origem, o Gana, no Mundial 2010.

Quatro anos mais tarde, aos 28 anos de idade, Quincy Owusu-Abeyie apenas actuou 90 minutos pelos axadrezados na Primeira Liga e na eliminatória na qual a equipa foi afastada da Taça de Portugal em jogos oficiais, não tendo ainda justificado a fama com que vem rotulado nem o interesse que gerava no defeso, altura em que terá recusado os ingleses do Blackpool para viajar para Portugal, muito devido aos problemas físicos que o têm apoquentado.

Após algumas semanas desde o início da época, o ganês pôde finalmente competir por via da Taça de Portugal, fazendo parte pelo menos da convocatória para a visita do clube de Bessa ao terreno do Desp.Aves, acabando mesmo por alinhar como titular, o que constituiu a sua primeira grande oportunidade de agarrar um lugar na equipa. Tendo em conta que o próximo adversário é o poderoso Sporting, toda a experiência será bem vinda para os do Bessa e é certo que o atleta ganês nascido na Holanda tem-na. Estaremos perante uma 'surpresa na manga'?