sábado, 11 de março de 2017


Até o cão quis ver a decisão

Sempre equilibrado o despique entre Catujalense e At. Tojal pelo Campeonato Distrital da AF Lisboa em Infantis, marcado pela constante recuperação da equipa da casa às insistentes vantagens conseguidas pela turma visitante que se adiantou no marcador através de um livre indirecto cobrado no interior da área por Henrique Correia, penalizando um atraso complicado de Gustavo para o guarda-redes Sandro que segurou a bola atrasada pelo seu companheiro tornando o lance claramente intencional. Pela primeira vez em desvantagem, o Catujal reagiu a partir de Daniel (a melhor unidade em campo, assumindo-se como o mais dotado tecnicamente entre todos os jogadores utilizados pelas duas equipas) num remate efectuado em zona frontal à entrada da área.

A equipa da casa igualou a contagem num pontapé de canto trabalhado, com Danis a bater de forma rasteira e de forma atrasada para Daniel estabelecer o 1-1 com que o encontro transitou para a 2ª parte que logo nos instantes iniciais veria novamente o Tojal adiantar-se no marcador mas nos instantes que se seguiram de imediato o restabelecimento da igualdade novamente por Daniel até que o conjunto visitante voltou a adiantar-se através de uma grande penalidade após mão de Celso na grande área e convertida por Sandro Saqueiro. Encontro de parada e resposta, e… novo empate.

Pela terceira ocasião na partida, a Catujalense impunha novo empate a partir de uma exemplar conversão de livre directo por Gustavo antes do que poderia ter sido a quarta vantagem para o At. Tojal – nova grande penalidade, desta feita inexistente (o guarda-redes lançado para a 2ª metade, Gui, largou o esférico sobre o braço de Isaac sem que o seu movimento tenha sido deliberado), para João Pereira atirar por alto e assim possibilitar ao conjunto da casa a primeira e decisiva ocasião de se colocar na frente do marcador.

Momento solene por se colocar nos instantes finais e pelo seu carácter decisivo, de uma forma que parece ter motivado a invasão de campo de… um cão que correu em redor e pelo interior do relvado no preciso momento em que Isaac depositou o esférico na marca de penalty. Após a saída do espectador de quatro patas, o atacante catujalense não hesitou, garantindo o triunfo para a sua equipa que correu atrás do resultado até desferir o golpe final.

Campo 1º de Maio - Catujal

CATUJALENSE
12- Sandro Varela
8- Gustavo Vieira
11- Danisberto Neto ‘Danis’
10- Isaac Fernandes
17- Celso Tavares
20- Daniel Cruz
16- Tchaló Mendes
Suplentes Utilizados: 6- Eduíno Djassi. 5- Rodrigo Seixas, 1- Gui Jesus, 9- Filipe Azevedo, 18- Sérgio Guerreiro e 3- Rodrigo Guerreiro
T: Daniel Macedo


AT. TOJAL
1- Tiago Nicolau
5- Tiago Monteiro
6- Martim Rocha
8- João Pereira
9- Henrique Correia
10- Sandro Saqueiro
11- Nuno Santos
14- Filipe Dionísio
18- Thiago Gomes
24- Tiago Domingos
T: Luís Vaz

Disciplina: cartão amarelo para Tchaló Mendes