sexta-feira, 17 de março de 2017




Um desafio que redundou em Fabrício contra as promessas que tudo fizeram na primeira dezena de minutos do encontro até que perto do intervalo o brasileiro do Portimonense flectiu desde a meia esquerda irrompendo pelo interior da área deixando para trás Rúben Dias e Zé Gomes (em apoio defensivo), criando uma aproximação que antecedeu, tal como na primeira metade, uma segunda parte na qual algarvios voltaram a fazer uso dos minutos finais para chegar a mais dois golos e dessa forma desferir o golpe fatal.

Tudo graças a tentos de Fabrício aos 87, assistido por um cruzamento atrasado de Ricardo Pessoa pela ala direita, e de Pires aos 90,assistido por passe colocado por entre a dupla de centrais da casa, Rúben Dias e Branimir Kalaica, por… Fabrício  o factor diferencial do desafio que ofereceu qualidade extra e acima de tudo uma dose de experiência ainda em demasia relativamente às jovens promessas da formação do Seixal – três ‘pinceladas’ de reconhecida valia do criativo brasileiro.

Caixa Futebol Campus - campo nº1 - Seixal

BENFICA B
86- André Ferreira
94- Aurélio Buta
66- Rúben Dias (c)
16- Branimir Kalaica
95- Yuri Ribeiro
88- Pepê Rodrigues
80- Dálcio Gomes
(61- Florentino Luís, 65)
91- Heriberto Tavares
84- Diogo Gonçalves
70- Zé Gomes
(83- Gedson Fernandes, 80)
35- Luka Jovic
(79- João Félix, 60)
Suplentes não Utilizados: 72- Ivan Zlobin, 60- Pedro Amaral, 73- João Filipe e 97- Francisco Ferreira
T: Hélder Cristóvão
4x4x2

PORTIMONENSE
33- Ricardo Ferreira
5- Ricardo Pessoa (c)
18- Fidelis Irhene
4- Ivo Nicolau
55- Luís Mata
20- Gustavo Costa
(70- Chidera Ezeh, 80)
21- Pedro Sá
90- Fabrício dos Santos
17- Gleison
(11- Bruno Tabata, 73)
9- Jorge Pires
19- Wilson Manafá
(23- Luís Zambujo, 81)
Suplentes não Utilizados: 1- Carlos, 6- Theo Ryuki e 36- Sarpong
T: Vítor Oliveira
4x3x3

Arbitragem: Anzhony Rodrigues (árbitro principal, Madeira), José Lusia e André Lopes Dias (árbitros auxiliares)- Lisboa
Disciplina: cartão amarelo para Aurélio Buta (19), Branimir Kalaica (20), Gleison (39), Pedro Sá (67), Diogo Gonçalves (74)
Marcadores: Heriberto Tavares (4), Diogo Gonçalves (7); Fabrício dos Santos (41 e 88) e Jorge Pires (90)

Jogo com o líder, convidados de luxo na bancada e ainda o treinador José Morais, sem clube após ter-se desvinculado do AEK de Atenas, sem contar ainda com atentos observadores de Eibar e Colónia, certamente buscando por futuros reforços para referenciar.