terça-feira, 21 de março de 2017



Desatenção da defesa açoriana e antecipação de Allef que rematou na direção da baliza deserta aos 9; assim o Real se colocou na frente até que nos minutos iniciais da 2ª parte o Operário procurou reagir por Paulo Renato a quase desviar de cabeça para o empate, uma divisão de pontos que surgiria como desfecho de uma etapa complementar desinteressante

Todavia, foi mesmo a boa primeira parte da equipa de Monte Abraão a ditar a diferença, com a liderança da Série a apenas três pontos de distância neste momento para o Real que haveria mesmo de segurar a vantagem cedo conseguida.

 Complexo Desportivo do Real SC - Monte Abraão

REAL
1- Patrick Costinha
3- Jorge Bernardo
25- Nuno Tomás
22- Matheus Costa
16- Matheus Leal
10- Kikas
(9- Érico Castro, 80)
18- Brash Brampoque
14- Sabry Oliveira
(23- Thabo Cele, 86)
7- Marcelo Lopes (c)
(6- Rúben Marques, 70)
19- Manuel Palacios
21- Allef
Suplentes não Utilizados: 24- Miguel Assunção, 11- Luís Mota, 15- Ivan Dias e 17- Nelson Mendes
T: Filipe Martins
4x3x3

OPERÁRIO
1- Rodrigão
6- Igor
21- João Jesus
22- Paulo Renato
(4- Diogo Félix, 76)
15- Hugo Chileno
18-Álvaro Ponte
(8- Gonçalo Reyes, int.)
14- Pedro Dias
88- Ruizinho
25- Jorginho (c)
9- Bata
(7- Patrício Coelho, 72)
19- Fábio Gomes
Suplentes não Utilizados: 12- Hugo Viveiros e 16- Abudu
T: André Branquinho
4x2x3x1

Arbitragem: Fábio Piló - Leiria
Disciplina: cartão amarelo para Paulo Renato (18), Rodrigão (41), Kikas (42), Sabry Oliveira (45+2), João Jesus (47), Igor (78), Rúben Marques (85), Érico Castro (9+4) e Brash Brampoque (90+5)
Marcador: Allef (9)