quarta-feira, 22 de outubro de 2014




Após ter dado início à sua pré-temporada na tentativa de permanecer no plantel principal do Sporting, Wilson Eduardo acabou por ver confirmada a sua saída do clube ao qual o atacante de 24 anos se encontra ligado desde tenra idade sem no entanto ter ainda protagonizado uma aposta continuada, uma situação que poderá ocorrer neste seu novo rumo que o encaminha para a Liga da Croácia.

Depois de ter sido moderadamente utilizado por Leonardo Jardim na época passada, Wilson não entra desta feita nos planos do novo técnico Marco Silva, o que corresponde aos anseios do Dínamo de Zagreb, que conseguiu o empréstimo do atleta e deu inclusivamente a conhecer uma reacção pública, referindo-se que "estamos muito felizes por ter concluído esta negociação e confiantes de que Wilson irá ajudar-nos a atingir os nossos objetivos. “

Elevada concorrência obrigou o atacante a abandonar o clube por empréstimo
“É um jogador de muita qualidade, rápido e objetivo, que pode jogar em várias posições do ataque", foi esta a declaração de Zoran Mamic, antigo futebolista e actual director desportivo do Dínamo, junto do diário nacional A Bola, ao qual manifestou a sua satisfação por poder contar com um atleta que curiosamente vinha até dando boa conta de si no início de temporada com três golos apontados nas três partidas disputadas pelos leões.

Pese embora o excelente início de época individual, o atacante acaba por não encontrar espaço de manobra face à presença de vários jogadores para o eixo e alas atacantes, casos dos confirmados Fredy Montero, Carlos Mané, André Carrillo ou Diego Capel, sem contar com o grande reforço leonino para a nova temporada, Nani.

Ao ter sido confirmado por empréstimo ao emblema croata, Wilson Eduardo chegou mesmo a alimentar a esperança de disputar a Liga dos Campeões, juntando-se a um Dínamo bem português cujo plantel conta já com os lusos Ivo Pinto, Paulo Machado, Gonçalo Santos, Eduardo e Rúben Lima, uma franquia já respeitável do grupo de trabalho do clube sediado em Zagreb.

Sem que os croatas tivessem conseguido a entrada na Champions, resta agora conseguir a melhor participação possível na Liga Europa, prova na qual Wilson tem sido peça fundamental, razão essa pela qual integrou mesmo a primeira pré-convocatória de Fernando Santos na Selecção Nacional e deverá alinhar como titular já nesta quinta-feira na complicada visita ao terreno do Red Bull Salzburgo.