segunda-feira, 5 de junho de 2017




Derby lisboeta que acabou por traduzir-se num desafio ’sui generis’: havia começado melhor o leão que na primeira metade apenas conseguiu ultrapassar a bem montada defesa azul aos 37 minutos através de um forte cabeceamento de Gabriel Pajé correspondendo ao centro de Jefferson Encada pela direita.

Já na etapa final do desafio, aos 86, Diogo Pacheco alcançou o momento alto da tarde com um potente disparo de pé esquerdo de fora da área após ultrapassar Daniel Bragança em velocidade, e uma grande penalidade nos instantes finais consumou a reviravolta que terminou com a temporada de Juniores com a promessa do treinador campeão nacional, Tiago Fernandes, de que "para o ano há mais."

Stadium Aurélio Pereira (Academia Sporting) - Alcochete


SPORTING
Diogo Sousa
(Rafael van der Laan, 80)
Thierry Correia
Merih Demiral
Gonçalo Vieira
Abdu Conté ©
Daniel Bragança
Pedro Ferreira
Jefferson Encada
Jovane Cabral
Pedro Marques
(João Mendes, 70)
Gabriel Pajé
(Bruno Paz, 57)
T: Tiago Fernandes
4x4x2

BELENENSES
Tomás Foles
Francisco Sénica
(Bernardo Caldeira, 64)
Duarte Coelho
Alexandre Figueiredo ©
(João Oliveira, 72)
Pedro Amador
João Canadas
João Trabulo
(Miguel Oliveira, 61)
Leandro Sanca
Nuno Santos
Diogo Pacheco
João Louro
T: João Santos
4x4x2

Arbitragem: André Filipe Pereira - Lisboa
Disciplina: cartão amarelo para Nuno Santos (51), Francisco Sénica (51), Pedro Marques (70), Jefferson Encada (85), Diogo Pacheco (88), Rafael van der Laan (90+1) e Abdu Conté (68 e 90+2); cartão vermelho para Pedro Ferreira (52, expulsão directa), Thierry Correia (54, expulsão directa) e Abdu Conté (90+2, por acumulação)
Marcadores: Gabriel Pajé (37); Diogo Pacheco (86) e João Louro (90+6, gp)

João Santos - treinador do Belenenses

Houve jogadores do Sporting que não tiveram discernimento nos momentos certos e por isso foram expulsos.