sexta-feira, 30 de junho de 2017




Fred bem cotado no mercado


Vários foram os Juniores que ascenderam ao plantel principal do Loures mas entre eles não se encontra Fred, jovem médio criativo que disputou todos os encontros dos sub-19 da equipa preto e amarela (36 encontros realizados, 6 golos apontados) sempre na qualidade de capitão de equipa que apesar das credenciais demonstradas e o bom relacionamento entre ambas as partes acabou por não chegar a acordo com o clube para continuar. Ainda assim, a excelente temporada individual de Frederico Ferreira, Fred como é desde cedo apelidado, vale-lhe uma enorme cobiça.

A performance do jovem futebolista que alinha pelo meio e ambas as alas na época em que alcançou a sua estreia enquanto sénior de forma oficial pelo Loures ao ter participado nos minutos finais da partida ante o Mineiro Aljustrelense, uma das três convocatórias da equipa sénior nas quais foi inserido nos últimos meses, justificou o potencial que desde cedo lhe é reconhecido - bem cedo, como infantil, Fred classificou-se no top 10 internacional da FootballDreamFactory, plataforma criada há alguns anos por Luís Figo e Luiz Felipe Scolari.

Jovem jogador brilhou num percurso dividido entre Sacavenense e Loures

Recorde-se que a título de curiosidade o antigo internacional português e o ex-seleccionador nacional publicavam o seu parecer sobre os jovens mais promissores entre os muitos que observavam em… A BOLA. Nesse ano, Fred conquistou a distinção de melhor jogador do Torneio Internacional Aveiro Cup impressionou os responsáveis da formação do Ajax mas nunca deixaria Portugal onde esta temporada, aos 19 anos, está livre e na posse de várias ofertas provenientes de clubes do CPP, referenciado por uma equipa B a disputar a Ledman LigaPro e um emblema recentemente promovido á Liga NOS. 

Ainda cobiçado por dois emblemas da I Liga de Chipre e referenciado em Inglaterra, Fred chega agora a idade sénior após uma formação muito bem-sucedida e dividida entre os vizinhos e rivais Sacavenense, de onde saiu à entrada para a sua primeira época de júnior, e o Loures, onde alinhou nas últimas duas épocas, dois clubes que potenciaram o seu crescimento e que em pouco tempo poderão obter benefícios por terem contado com este jovem futebolista nas suas fileiras. No caso da turma de Sacavém, o percurso do criativo começou a impressionar logo como Escola e ao ascender à equipa A ainda em idade de Escola B.

O notável percurso do jovem atleta ao serviço do Sacavenense teve continuidade com uma média de meio golo por jogo enquanto Infantil, mais de 50 encontros oficiais disputados enquanto Iniciado sendo que na segunda época, como sub-15, ainda se estreou pelos Juvenis B no campeonato distrital do escalão que um ano depois viria mesmo a conquistar no que foi também a época mais concretizadora da sua carreira até ao momento, com 23 golos em 28 encontros disputados apesar de nunca ter alinhado como avançado e chegou mesmo a estrear-se como sénior ainda em idade juvenil.

Época transacta constituiu um recorde de encontros realizados para Fred – avizinha-se novo desafio

Isto muito embora a competição não possua carácter oficial, a Future Stars Future League, conhecida por Liga Chinesa e disputada por clubes da AF Lisboa e AF Setúbal numa época em que rapidamente queimou etapas, começando pela equipa de Juvenis A mas logo em Janeiro passando para o plantel de Juniores aos 16 anos, após um ano antes se ter sagrado campeão distrital da AF Lisboa em Juvenis. Terminada a passagem por Sacavém, Fred partiu para o vizinho Loures, onde a muito boa primeira época como júnior de primeiro ano conseguiu ainda ser ultrapassada em todos os planos numéricos no segundo.

Com efeito, os 37 encontros disputados (36 no Nacional de Juniores + estreia pela equipa principal) constituem um recorde pessoal de época para Fred, que ainda antes de iniciar o seu percurso sénior soma já 310 partidas e 114 golos remetendo apenas ao carácter oficial, o que permite antever a mais-valia que representará para o próximo clube que representar dentro de pouco tempo.