sexta-feira, 9 de junho de 2017



Road to EMF 2017 - Darlan Ribeiro

A menos de 24 horas da estreia de Portugal na edição de 2017 do Campeonato da Europa de MiniFootball, a expectativa será tão grande entre os 11 convocados para representar a equipa nacional quanto os restantes companheiros que permanecem no nosso País como reserva para qualquer eventualidade.

É esse o caso de Darlan Ribeiro, guarda-redes nascido no Brasil mas que pelo seu percurso no nosso País nas várias variantes de futebol, desde o Futebol de Onze, passando pelo Futebol de Praia e terminando no Futebol de Sete e de Seis nesta modalidade, se tornou mais um convicto luso. Ainda que para já fora das opções do seleccionador David Martins para o certame, o guardião detentor do título nacional na Elite Final Nacional da SuperLiga em Futebol de Sete torce, ainda que por fora, pelo sucesso de Portugal na prova.

Como um dos escolhidos para participante no I Estágio de Preparação, que expectativas mantinha?

Vê-se que esta malta esteve empenhada, vê-se trabalho e dá gosto, a malta gosta do que está a fazer e da oportunidade que tem vindo a ter. Foi espectacular e todos estão de parabéns, especialmente o pessoal ligado às SuperLigas e a todo o staff da Associação Portuguesa de MiniFootball pois estão a cumprir e a dar-nos todas as condições para fazermos aquilo que gostamos e pronto, foi muito bom, foi um espectáculo e agora é esperar que tudo possa correr melhor pois temos tudo, temos jogadores com qualidade para serem escolhidos para os melhores que têm apresentado melhores condições tanto no Futebol de Cinco como no de Sete.

Têm aparecido jogadores com muita qualidade e agora para o Euro é juntar o melhor e fazer o trabalho, fazer o que se sabe e entregar-se como este pessoal tem feito, é isso que acho e que espero, que corra tudo melhor para a Selecção.

No I Estágio foram convocados três guarda-redes, sendo que na convocatória final apenas podem figurar dois. Avaliando os três que trabalharam em conjunto, como pode definir-se cada um em termos de qualidade? Que qualidades o Darlan possui individualmente para que seja suficiente para garantir vantagem sobre a restante concorrência?

No Europeu, jogam dois. É uma pergunta um pouco difícil pois se estivermos a falar de jogadores de campo, que são mais, podia ser um bocado mais específico pois cada guarda-redes tem a sua qualidade, característica e acho que cada um dos três guarda-redes do I Estágio poderia jogar mais na equipa e individualmente eu pessoalmente tenho conhecido melhor os meus colegas nesta posição que não é muito favorável, é bastante ingrata como toda a gente sabe e pessoalmente gosto muito de trabalhar o jogo de pés e os reflexos.

Sou um guarda-redes ágil, rápido e não sou muito alto, portanto trabalho muito as pernas para depois compensar aquilo que não tenho e como jogo também Futebol de Praia num piso que é irregular isso dá-me também características que posso implementar aqui neste futebol, o MiniFootball, que é totalmente diferente daquilo que a gente vê pela televisão, pelas imagens ou por aquilo que o pessoal joga em Futsal, é totalmente diferente, mas tenho características que aqui poderão ajudar a equipa a avançar nos objectivos que estão a ser impostos.

Os colegas que eventualmente não se conhecessem ficaram a ser conhecidos com o Estágio e os primeiros treinos. Tendo em conta a qualidade dos jogadores já conhecidos, até que ponto a equipa conseguirá um bom resultado no Europeu?

Isso terá mesmo de ser com o continuar a trabalhar a cada treino e a cada estágio, existiram estes dois, é trabalhar e depois cada um cumprindo com o melhor que cada um sabe fazer e com o que o Mister nos pedir para fazer pois é para todos, incluindo os que já foram e jogaram no Europeu no ano passado, eles também têm dificuldades e estamos sempre a aprender cada vez mais e quando se chega e coloca logo tudo consegues colocar em prática com maior naturalidade como por exemplo já fazemos no Futebol de Sete, de Onze ou em outras modalidades a que estejamos habituados.

É diferente, mas como já disse têm aparecido jogadores cada vez melhores, têm feito parte dos torneios e este staff tem conseguido ir buscá-los e complementar a equipa, acredito que vai sair daí um conjunto muito forte e isso já se vê no espírito da equipa, que é muito importante ver a malta já unida, e portanto ver o pessoal escolhido para o Europeu… penso que vão fazer um grande Euro, estão a capacitar-se cada vez mais para isso.