sexta-feira, 28 de novembro de 2014




Depois do abismo, o regresso ao leão? Costuma dizer-se que a vida dá muitas voltas, e no futebol ainda mais, como se poderá perceber pelo caso de Guilherme Celestino, jovem jogador que numa fase inicial da sua formação muito prometeu ao serviço do Sporting, clube que representou durante seis anos e que abandonou em idade juvenil para se juntar ao igualmente mediático Inter de Milão.

Três anos volvidos, e actualmente com 18 anos, o panorama é incomparavelmente diferente para o jovem luso-brasileiro médio criativo que alinha na posição 10 e como extremo que se encontra inserido no plantel do modesto SL Marinha, clube que disputa a I Divisão da AF Leiria depois de na temporada passada ter actuado nos EUA ao serviço do Corinthians USA, onde actuava nas equipas de Juniores e sub-23 mas acabou por não permanecer após não ter chegado a acordo de verbas referentes a salários.

A jogar como amador no seguimento de épocas nas quais terá sido mal aconselhado, mas por outro lado mais maduro e preparado para a entrada no futebol profissional, Guilherme Celestino poderá ver terminado o seu calvário uma vez que, sabe o NOVA ACADEMIA DE TALENTOS, a empresa que o representa terá em mãos várias possibilidades interessantes.

Entre as possibilidades foi colocado um possível regresso ao Sporting para actuar pela sua equipa B, onde foi esperado para cumprir um período experimental face à longa ausência actuando em outros países, ainda que exista a possibilidade de retornar a Itália, tendo já sido realizado o período de testes, aguardando-se agora se os leões promoverão o regresso de Guilherme que de qualquer forma deverá mesmo mudar de ares já na reabertura do mercado.