domingo, 16 de novembro de 2014




Inglaterra tentou resgatar Sturgeon… e defrontou-o

Fábio Sturgeon terá tido a possibilidade de representar a selecção de Inglaterra

Há alguns anos que continua a ser debatida a melhor protecção para o futebolista nacional, e ainda chegou a suscitar discussão uma possibilidade que quase ganhou contornos mais reais consistindo na hipótese de Portugal perder os préstimos de uma opção selecionável para o futuro em favor da sua congénere de Inglaterra.

Ainda assim, nunca passou de hipotética esta possível situação que poderia sucedido com o jovem Fábio Sturgeon, que há duas épocas terá sido observado de forma atenta, tendo mesmo num encontro a contar para o Nacional de Juniores disputado ante o Benfica sido seguido pelo selecionador dos sub-19 ingleses, Noel Blake.

Inglaterra procurou recorrer a um futebolista selecionável pela ascendência paterna

Ao que o NOVA ACADEMIA DE TALENTOS na altura conseguiu apurar, o técnico inglês deslocou-se a Portugal com esse duplo propósito, o de ver mais de perto as prestações de Eric Dier, na altura ainda nos Juniores do Sporting, e ainda de passar a identificar-se com as qualidades de Fábio Sturgeon, que por ser filho de cidadão inglês se mantém como uma escolha possível para a selecção dos Três Leões.

As condições para que Sturgeon possa vir a representar a equipa inglesa pareciam ganhar forma pela sua favorável evolução cujos resultados se encontravam na sua muito frequente presença nos treinos do plantel principal do Belenenses na altura, o que ofereceu a competitividade necessária para que em pouco tempo tivesse chegado em definitivo às escolhas desse mesmo conjunto dos azuis do Restelo.

Sturgeon continuou a mostrar ser um jogador de selecção, o que assim, e pelo facto de ter permanecido a título definitivo no seio de uma equipa sénior com bastante qualidade em Portugal, o jovem passou num ápice de uma situação na qual não constituía aposta para a Selecção Nacional sub-19 para uma outra bem distinta.

Nessa altura, os responsáveis pelas selecções jovens de Portugal haviam optado por outras alternativas para a sua posição de médio ou extremo, e actualmente pode mirar-se para o estatuto de sensação da Primeira Liga, gerando bastante interesse no seu concurso .

Com franqueza, no posto do jovem belenense eram conhecidas as convocatórias de futebolistas que actuavam fora do País e ainda o recurso a futebolistas naturalizados, nomeadamente provenientes da Guiné-Bissau, uma questão que foi adiando a sua chegada às selecções jovens portuguesas, o que acabou mesmo por acontecer.

Sturgeon poderia ter representado um reforço para as equipas jovens inglesas

Face ao anterior panorama de espaço reduzido para Fábio Sturgeon a solução por competir em outras esferas poderia ser mais do que uma mera possibilidade, o que poderia ter representado a curto prazo a perda de um jovem valor de nacionalidade portuguesa como Sturgeon em benefício de outra selecção como a inglesa. No fim de contas, ironia do destino, o extremo estreou-se recentemente pela Selecção Nacional sub-21 precisamente num particular disputado em Inglaterra.

Mesmo assim, no Belenenses a poderosa Inglaterra poderá conseguir resgatar um interessante ‘reforço’, muito provavelmente não para as suas selecções jovens que curiosamente se cruzarão com Portugal ainda esta época, mormente no Europeu sub-21 no qual ambas as equipas se defrontarão na primeira jornada da fase de grupos.

No entanto, quem sabe se em breve o atleta não estará no próprio Campeonato inglês visto ser pretendido pelo poderoso Liverpool na Premier League apesar de o Benfica ser apontado como o principal candidato à sua contratação, sabendo-se que quem o garantir obterá de imediato uma ‘pérola’ para o futuro.